R. Dr. João Batista Lobato, 64 - Centro, Itapetininga - SP
(15) 3527-8199

Ações de prevenção do “Outubro Rosa” se intensificam

Prédios e locais públicos de Itapetininga ganharam iluminação especial como parte das ações da Prefeitura em alusão ao “Outubro Rosa”, mês em que campanhas de prevenção ao câncer de mama são intensificadas.

 

O Paço Municipal, Centro Cultural e Histórico, Centro de Saúde da Mulher e Passarela de pedestres da avenida Sarutayá estão entre os locais que receberam a iluminação rosa.

 

As ações de saúde com foco na prevenção ao câncer de mama também foram intensificadas. Além de receberem decoração especial em alusão à campanha, desde o início até o fim do mês, todas as unidades de saúde de Itapetininga, como em anos anteriores, intensificaram suas ações de promoção à saúde da mulher e ampliaram suas agendas de exames preventivos.

 

Nos dias 23 e 30 de outubro (sábados), das 8 às 17hs, será realizado um Mutirão de Coleta do Exame Ginecológico Papanicolau e Avaliação Clínica das Mamas nas unidades de saúde da área urbana, e Mutirão de Exames de Mamografia no Centro de Saúde da Mulher “Amanda Coelho da Silva”.

 

No dia 22 de outubro, sexta-feira, das 9 às 13hs, na Praça Marechal Deodoro (Largo dos Amores), em frente ao Centro Cultural e Histórico, será realizada uma ação de conscientização à população para o tema, com a oferta de orientações e ações coletivas de saúde ao público em geral.

 

Ações ofertadas no dia 22 de outubro:

 

Orientação e distribuição de panfletos educativos;

 

Exames de glicemia capilar para rastreamento da diabetes mellitus;

 

Exames de pressão arterial para rastreamento da hipertensão arterial;

 

Exames de teste rápido de HIV, sífilis, hepatite B e hepatite C.

 

Todas as ações são realizadas por meio de um trabalho multidisciplinar entre as secretarias da Saúde, da Promoção Social e Serviços Públicos.

 

É imprescindível que as mulheres participem da campanha e incentivem o autocuidado e a realização dos exames o quanto antes, principalmente entre mulheres que compõem o grupo de risco.

 

O diagnóstico precoce ainda é o maior aliado para o tratamento eficaz do câncer de mama. Quando identificado cedo pode ser tratado, impedindo que o tumor alcance outros órgãos.

 

Com foco na prevenção, diagnóstico e tratamento do Câncer de Mama, Itapetininga conta desde 2018 com o Centro de Saúde da Mulher “Amanda Coelho da Silva”. Neste ano, o município já ofertou um total de 3.373 exames. Em média, 350 mulheres realizam o exame mensalmente.

 

De acordo com as orientações do Ministério da Saúde, é recomendado que mulheres de 50 a 69 anos façam uma mamografia de rastreamento a cada dois anos. Se houver indicação médica de alteração suspeita na mama, a mamografia diagnóstica poderá ser feita em qualquer idade. O agendamento é realizado em todas as unidades básicas de saúde de Itapetininga, por meio de solicitação médica.

 

Além disso, a cidade conta em sua rede de saúde com oito especialistas na área de ginecologia com agendas abertas nas seis principais unidades descentralizadas de saúde básica (UBS Genefredo Monteiro, UBS Rio Branco, UBS Jardim Mesquita, UBS Nova Itapetininga, UBS Belo Horizonte e UBS Bela Vista), atendendo, ainda, através das equipes do Núcleo Ampliado de Saúde da Família - NASF, em apoio clínico para os Médicos da Família das 13 unidades de Estratégia de Saúde da Família do município.

 

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), órgão do Ministério da Saúde, em 2021, estima-se que ocorrerão 66.280 casos novos da doença, o que equivale a uma taxa de incidência de 43,74 casos por 100.000 mulheres (INCA, 2020). A incidência do câncer de mama tende a crescer progressivamente a partir dos 40 anos, assim como a mortalidade pela doença (INCA, 2019).

 

Fonte/Foto: Prefeitura de Itapetininga