R. Dr. João Batista Lobato, 64 - Centro, Itapetininga - SP
(15) 3527-8199

Câmara Municipal devolve mais de 5,5 milhões para emendas impositivas

A Câmara Municipal de Itapetininga devolveu aos cofres públicos pouco mais de R$ 5,6 milhões referente ao duodécimo de 2021. Este valor faz parte da economia realizada frente a esta receita orçamentária que corresponde aos repasses financeiros efetuados pelo Poder Executivo para o funcionamento e custeio do Poder Legislativo.

Comparados aos gastos do mesmo período de 2020, são aproximadamente R$ 500 mil reais a mais que serão entregues à Prefeitura Municipal.

“Isso é possível graças a uma gestão equilibrada que coloca a Câmara de Itapetininga, conforme o Tribunal de Contas (TC), entre as mais “enxutas” do Brasil adentre as cidades com até 200 mil habitantes”, explica Itamar Martins, presidente do Poder Legislativo.

Esta economia faz parte da prática de um modelo de gestão pública com ênfase na eficiência, seja no custeio das atividades parlamentares ou licitações. “Outro fator é que nós vereadores não temos verbas de gabinete ou quaisquer outros auxílios que encarecem a máquina pública”, salienta o vereador e secretário Uan Moreira.

O vice-presidente da Casa, o vereador Dudu Franco destaca outros pontos desta gestão. “Atualmente há um controle sobre horas extras de funcionários, trocamos todas as lâmpadas pela tecnologia led e um manejo de gastos com viagens. Estas decisões possibilitaram estes resultados”, explica.

Já a vereadora Catarina Nanini, vice-secretária, conta que o princípio da economicidade que está expressa na Constituição norteia os passos da gestão do Poder Legislativo Municipal. “Mas colocá-la em prática é um desafio, pois sabemos que alguns atos administrativos precisam ser eficientes para que estes resultados cheguem até a população”.

“Vale ressaltar que nós parlamentares não podemos indicar onde este valor será gasto pelo Poder Executivo. Mas destaco, a mesa diretora e os demais vereadores que a partir de um planejamento conjunto vão contribuir para a devolução de aproximadamente R$ 5,6 milhões que podem ser utilizados em diferentes setores da administração pública”, desta Itamar Martins.

 

Fonte/Foto: Câmara Municipal de Itapetininga